sexta-feira, 21 de março de 2014

Etiquetas: , , , , ,

Moto X chegou à Europa



O equipamento que revolucionou a maneira como se interage com um smartphone esteve refém dos EUA por tempo demasiado longo, e agora que finalmente se espalhou ela Europa, 7 meses depois, será que continua a ser o melhor smartphone de todos os tempos?



O equipamento aparece como um sonho, finalmente o smartphone “aparenta” ganhar vida e estar disponível para nos ouvir e executar os comandos que quisermos. É este o conceito do Moto X, um smartphone que podemos usar sem tocar no ecrã.

Começando pelas especificações, o Moto X vem equipado com um processador dual-core 1.7 GHz Krait, ora isto pode parecer um pouco limitado quando estamos habituados a ver quad-core ou até octa-core, mas segundo os responsáveis pelo desenvolvimento de produtos da Motorola, 90% do tempo os núcleos adicionais dos processadores quad-core estão desligados.

O processador trata-se de um Qualcomm MSM8960Pro, onde encontramos um GPU Adreno 320, mesmo que no HTC One e Nexus 4, assim como a memoria RAM de 2GB.

Quanto à câmera podemos contar com uma traseira 10 MP, 4320 x 2432 pixels, autofocus, LED flash, no entanto foi especialmente enriquecida com a tecnologia ClearPixel e com o processamento do chip X8 promete um sensor com capacidade para absorver 75% mais luz produzindo imagens boas mesmo em condições de pouca luz.

A nível de especificações o Moto X não parece ser uma revolução, isto se apenas falarmos no processador, memoria RAM, resolução de ecrã, etc., mas o conceito do Moto X começa no processador X8.

O processador X8 é a filosofia de que o smartphone deve ser inteligente, e não apenas fazer cálculos, mas tomar acções inteligentes. Enquanto outros fabricantes procuram responder com pequenos incrementos na frequência do processador, no numero de processadores, a Motorola desenvolveu um processador que lida com as imagens, voz e gestos que estão sempre activos sem grande impacto na bateria.

Segundo a Motorola o futuro dos smartphones irá passar pelos sensores que iram permitir a iteração do mesmo com o utilizador de forma inteligente.



É efectivamente possível abrir uma aplicação sem tocar no ecrã, saber o estado do tempo ou até enviar uma mensagem para alguém sem mover um dedo. Os sensores do X8 conseguem saber quando o equipamento está no bolso, e apresenta as notificações quando detecta que o utilizador o tirou do bolso. Tudo isto sem impacto no consumo da bateria.

O único senão deste sonho é que a maior parte dos comandos de voz são apenas reconhecidos em Inglês, o que torna a utilização um pouco mais limitada.

Especificações
  • CPU: Dual-core 1.7 GHz Krait 
  • Ecrã: Corning Gorilla Glass 4.7" 720 x 1280 pixels, ~312 ppi 
  • RAM: 2GB 
  • Câmera: Traseira de 10 MP, Frontal 2 MP, Video 1080p@30fps, stereo sound rec., HDR 
  • Armazenamento: 8GB e 16GB
  • Bateria: 2200mAh 
  • Conectividade: 2G, 3G, 4G, Bluetooth 4.0, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac 
  • Dimensões: 129.3 x 65.3 x 10.4 milímetros 
  • Peso: 130 gramas 
  • Sistema Operativo: JellyBean 4.2.2 com actualização para 4.4 Kitkat 
O equipamento aos poucos vai chegando às lojas físicas, no entanto, em Portugal, é apenas possível encontrá-lo em algumas lojas on-line como a Pixmania, redcoon, etc., lojas estas que vendem o equipamento desbloqueado, entregam em casa e garantem os 2 anos de Garantia do equipamento.

Este não é o único sucesso da Motorola, o Moto G um equipamento de media gama lançado no fim de 2013 tem surpreendido pela rapidez e baixo custo. Mais uma vez a Motorola segue um caminho da eficiência em vez da potência bruta.

Mas a plataforma android esta em constante mudança, e todos os meses o mundo é surpreendido com novos conceitos, novos chips, novas formas de tornar o nosso smartphone ainda mais inteligente. Daí as perguntas: Será que este equipamento que à tão pouco tempo chegou ao mercado europeu estará pronto para a concorrência de 2014? Será que outros fabricantes irão deixar escapar o conceito do X8 e continuar apenas a apostar nos processadores mais rápidos?

0 comentários :

Publicar um comentário