quarta-feira, 21 de maio de 2014

Etiquetas: , , , ,

bq Lança Nova Gama de Smartphones Dual-SIM

















A empresa espanhola bq anunciou a chegada da linha de smartphones "Aquaris E". Da esquerda para a direita temos o E4, o E4.5, o E5 e o phablet de 6 polegadas E6. São todos dual-SIM e vêm equipados com Android 4.4 KitKat! No geral nota-se que o desenho é simplista, com traseira em plástico e cantos curvos. Todos têm duas opções de cor: totalmente preto ou com parte traseira branca.

bq Aquaris E4

O irmão mais novo da família é o de 4 polegadas e 125g. Tal como tem vindo a ser regra noutras marcas, menos polegadas de ecrã é sinónimo de especificações mais modestas, no entanto não parece que o E4 vá dar problemas no dia-a-dia.

O ecrã IPS terá uma resolução WVGA (480x800), o que dá uma densidade de pixels de apenas 235 ppi. Isto não parece nada de extraordinário, mas é suficiente para o uso normal e liberta a capacidade de processamento para outras coisas. Será protegido por Gorilla glass, com as bordas exteriores ligeiramente elevadas para evitar impactos directos no ecrã. Virá apenas na versão de 8 Gb, com suporte para cartão micro-SD até 32 Gb.

Em termos de performance não nos parece que traga grandes problemas, com um processador quad-core 1.3 GHz da Mediatek, 1 Gb de RAM e placa gráfica Mali 400 a 500 MHz. Para ir ao facebook e instagram e jogar Candy Crush ou mesmo as corridas 3D do Angry Birds GO, chega perfeitamente. Resta saber quanto durará a bateia de 1700 mAh.

A câmara traseira é de 8 MP com flash dual-led. A câmara frontal é de 2 MP. Tem GPS, bluetooth, Wifi, mas não suporta 4G.

Quem quiser este modelo apenas tem que investir 129.90 euros, o que para um telemóvel livre de operadora não está nada mau.

bq Aquaris E4.5

De seguida temos o de 4.5 polegadas, que é exactamente igual ao E4 em termos de processador, placa gráfica, armazenamento e memória RAM mas consegue ser ligeiramente mais leve, com 123g.

Para além do ecrã maior, ganhamos um vidro um pouco mais resistente e uma densidade de pixels ligeiramente maior (240 ppi), juntamente com uma bateria bastante maior (2150 mAh), que pode ser um dos principais factores decisivos na escolha deste modelo.

A câmara frontal terá 5 MP, em vez dos 2 MP do Aquaris E4.

Para ganhar estes pequenos extras face ao E4 temos de investir apenas mais 20 euros.




bq Aquaris E5

Antes de chegarmos ao phablet temos o substituto do Aquaris 5, que teve bastante sucesso.

Este bicho de 134g vem em 3 versões, o E5 HD 8 Gb, o E5 HD 16 Gb, ambos com ecrã IPS a 720p (densidade de 294 ppi), e a estrela da companhia, o E5 FHD, apenas em versão 16 Gb e com resolução 1080p, para uma densidade de pixels de 440 ppi. Todos os ecrãs vêm protegidos com vidro Dragontrail e todos serão alimentados por uma bateria de 2500 mAh. O preço começará nos 179.90 euros para a versão mais básica e irá até aos €249.90 para o FHD.

A câmara traseira de todos os modelos tem 13 MP e a frontal tem 5 MP.

Ambas as versões HD virão com o mesmo processador e a mesma placa gráfica dos E4 e E4.5, mas a versão de 16 Gb terá 2 Gb de RAM, o que faz muita diferença em termos de performance.

É no E5 FHD que se acaba a brincadeira. Os 440 ppi do ecrã serão suportados por um processador true octa-core a 2 GHz da Mediatek e pela GPU Mali 450 a 700 MHz. Este será a escolha acertada para os gamers mais exigentes, e nesse campo parece que o E5 FHD não vai soluçar. Onde podemos de certeza ver impacto é na bateria, porque nos parece muito mais areia para a mesma camionete.

bq Aquaris E6

E eis que chegamos ao pai de todos, o phablet de 6 polegadas Aquaris E6.

O grande ecrã terá resolução 1080p, com uma óbvia redução na densidade de pixels, e tudo o resto é igual ao E5 FHD.

A grande vantagem do tamanho, para além da versatilidade para quem pretende ter um quase-tablet, é a bateria. O espaço adicional permite encaixar uma bateria de 4000 mAh, o que já nos parece bastante razoável para manter o octa-core a trabalhar o dia todo.

Sendo assim, a decisão entre o E6 e o E5 FHD parece-nos ser um balanço entre tamanho e tempo de bateria, tendo também em conta que o E6 custa 299.90 euros, mais €50 que o E5 FHD.





Em suma, estamos perante uma gama muito coesa em termos de design, que nos parece ter boa qualidade de construção. As especificações são bastante promissoras, sobretudo tendo em conta o preço. Com um pequeno investimento podemos ter um smartphone livre de operadora, dual-SIM, com a última versão do sistema operativo Android sem nenhuma "máscara" por cima da experiência idealizada pela Google (ao contrário do TouchWiz da Samsung ou do Sense da htc). Relativamente a acessórios e apoio ao cliente, estamos também em boas mãos se estivermos na praia Lusitana, pois trata-se de uma marca com cada vez mais presença em Portugal.

Estes smartphones estão disponíveis na loja da bq, bem como em várias grandes superfícies comerciais.


0 comentários :

Publicar um comentário