segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Etiquetas: , , , ,

Cinco Dias Com o Inbox by Gmail, a Nova App de E-mail da Google

Acabou de sair a nova app da Google, que pretende trazer uma nova abordagem ao email, um misto entre o Gmail e uma agenda ou um gestor de tarefas. Esta app não vem substituir a app do Gmail, mas o facto é que é possível descartá-la completamente. Foi isso que fizemos durante 5 dias.

O conceito

O Inbox by Gmail é uma app de e-mail, antes de mais. Aquilo que fazemos na app do Gmail no nosso smartphone Android ou iOS podemos fazer no Inbox, e todas as alterações feitas numa app reflectem-se na nossa caixa de correio. O que o Inbox traz é uma nova abordagem ao e-mail, em que os e-mails que recebermos são apresentados em conjuntos ou "bundles", separados por dias e meses, e passamos a poder marcar e-mails como "feitos" (o que no Gmail se chama "arquivados"), re-agendar a sua chegada para outra hora ou local ou afixá-los no topo da lista, para que os e-mails importantes não fiquem afogados pela chegada de outros emails desinteressantes.

Toda a aplicação tem um design muito bem conseguido, com animações fluidas, características do material design, a nova filosofia de design da Google. A app está disponível para Android, iOS e também no browser, onde o aspecto e funcionalidade é equivalente. Para já, o acesso a esta app é apenas por convite, que podem pedir a outros utilizadores ou directamente à Google, enviando um e-mail para inbox@google.com.
Update: A Inbox by Gmail informou hoje, em pleno #IO15, que acabou o sistema de convite para poder usar esta aplicação. Agora, não há mais restrições ao download e instalação, por isso não percas tempo e... vá lá, experimenta esta nova maneira de gerir os teus "gmails".




Como funciona?

Se são como eu e têm centenas de e-mails não lidos, alguns e-mails importantes perdidos no meio da caixa de correio e inúmeras subscrições de newsletters, blogs, redes sociais, etc., a primeira meia hora é algo morosa e envolve colocar os emails nas categorias correctas (a Google tenta adivinhar mas o resultado não é bonito), criar categorias novas e organizá-las. Não há um tutorial para seguir passo a passo, mas há algumas ajudas que nos vão guiando, pelo que rapidamente aprendemos o funcionamento da coisa.

Os novos conjuntos (ou "bundles") criados são basicamente pastas no vosso Gmail (as pastas são mesmo criadas no vosso Gmail em paralelo, e as pastas que já tinham são importadas para o Inbox). Para estas pastas podem criar regras de inclusão, para que novas mensagens vão lá parar automaticamente, como fazem para as pastas do Gmail. Por exemplo, posso dizer para todas as mensagens com a palavra "newsletter" no título irem parar à categoria "newsletters" que eu criei. Ou posso dizer para todas as mensagens de um determinado endereço de e-mail irem parar à categoria de "e-mails da empresa", ou algo do género.

Para além das pastas ou bundles que criam, o Inbox já traz categorias feitas, tais como "promoções", onde cabe todo o tipo de publicidade ou oportunidades, "social", para onde podem ir todos os posts das redes sociais e blogs, "finanças", onde podemos ter notificações de vencimento e contas para pagar, "compras", onde podemos ter recibos de compra e seguimento de encomendas, "viagens", onde encaixam reservas de voos, hotéis e afins, entre outras. Estas categorias inicialmente vêm quase de certeza todas baralhadas, sobretudo porque a Google não reconhece muitos sites de outros países. No entanto, podemos seleccionar as mensagens fora do sítio, tocar no botão de menu no canto superior direito e enviar as mensagens para a categoria certa. Com o tempo, a Google aprende onde colocar uma nova mensagem e tudo começa a funcionar suavemente. No nosso caso, ao fim de uns dois ou três dias já eram raras as mensagens que precisavam de recolocação.


O aspecto da nossa caixa de entrada passa a ser então como mostra a imagem. Os e-mails do dia de hoje separados por categorias (ou "bundles"), sendo que no topo ficam sempre os e-mails que fixámos com um alfinete, para não nos esquecermos. A vantagem desta organização, para além de ficar tudo menos caótico, é que podemos actuar sobre e-mails em conjunto. Posso olhar para os cinco e-mails de promoções que recebi hoje e arquivá-los a todos arrastando a categoria para a direita (o que revela um visto verde), ou atrasá-los para outra hora, ou para quando chegar a casa, arrastando-os para a esquerda (o que revela um relógio laranja). Esta opção de atrasar os e-mails pode ser bastante útil, porque podemos escolher qual a hora ou local mais adequado para os voltar a receber. Se quisermos, podemos criar lembretes adicionais, tal como no Google Now ou no Google Keep, carregando no círculo vermelho do canto inferior direito. Estes lembretes podem ser frases curtas como "alimentar a iguana", que ficam visíveis no topo da lista de e-mails. As notificações podem ser ligadas e desligadas em separado para cada categoria e podemos escolher se queremos os e-mails de uma categoria agupados em "bundles" ou soltos na caixa de correio.

Convém também acrescentar que, tal como na app normal do Gmail, podemos responder a e-mails e criar novos e-mails sem dificuldade.

Veredicto

Apesar de ser uma app de e-mail perfeitamente funcional, não é obviamente para todos. É por esta razão que a Google pretende, pelo menos por enquanto, manter a app do Gmail em paralelo, para aqueles que preferem a abordagem tradicional. No entanto, para quem organiza a sua vida em torno do e-mail, tem projectos nos quais a comunicação por e-mail é essencial, recebe tarefas e prazos por e-mail, o Inbox by Gmail é uma grande ferramenta. Nestes cinco dias, o facto é que coloquei a app do Gmail de lado e não senti necessidade de lá voltar uma única vez. Não sou incomodado por notificações sobre promoções ou publicidade durante o dia, os e-mails de redes sociais ficam agrupados e não enchem a caixa de correio, sobrepondo-se a outros e-mails importantes, e mantenho os assuntos urgentes afixados no topo da caixa de correio até os resolver. Não está tudo perfeito, mas parece-me um excelente ponto de partida para o e-mail do futuro.

E os nossos leitores? Alguém já experimentou o Inbox? Foi demorada a "limpeza" inicial? Largaram o Gmail por completo ou desistiram completamente do Inbox? Falem connosco nos comentários em baixo!



Miguel Pais
Fanático da tecnologia e um "Android geek" assumido. Adora experimentar toneladas de apps e jogos e todo o tipo de gadgets. Na vida real é biólogo marinho e estuda peixes.

5 comentários :

  1. Respostas
    1. Infelizmente ainda não temos convites para dar. Quando tivermos convites estamos a pensar fazer um giveaway. :p

      Miguel (Plataform'Android)

      Eliminar
  2. Gostei do app, bem prático e prazeroso de usar, porém percebi que a assinatura do email configurada no gmail não aparece no inbox e nem há a possibilidade de configurar novamente. Alguém perceber isso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como ainda está em fase inicial, ainda não está tudo incluído, mas em relação a isso a Google já disse que está na lista de funcionalidades a acrescentar. O melhor a fazer será ir às definições da app, escolher a opção para dar feedback e pedir a inclusão das assinaturas. O que for mais pedido será concerteza prioritizado pela Google.

      Miguel (Plataform'Android)

      Eliminar
  3. Não funciona em 3g. Alguem sabe porquê?

    ResponderEliminar